Zappiens main page.Página Inicial
Categorias
Registo
Login
Zappiens

Laboratório Internacional Ibérico de Nanotecnologia (INL) - Inauguração

   
 
Incorporar
Autor: FCCN
Submetido por: FCCN
Data: 2009-07-20
Descrição:

O Laboratório Internacional Ibérico de Nanotecnologia (INL) foi inaugurado a 17 de Julho de 2009 pelo Rei de Espanha, Juan Carlos I, pelo Presidente da República Portuguesa, Aníbal Cavaco Silva, pelo Presidente do Governo de Espanha, José Luis Rodríguez Zapatero, e pelo Primeiro-Ministro de Portugal, José Sócrates, acompanhados pela Ministra da Ciência e Inovação de Espanha, Cristina Garmendia Mendizábal, e pelo Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Portugal, José Mariano Gago.

O INL, situado em Braga, Portugal, é o primeiro laboratório de investigação em nanotecnologia do mundo estabelecido no quadro da legislação internacional, e também é o primeiro laboratório deste tipo criado na Península Ibérica em qualquer área científica. Resulta de uma decisão conjunta de Portugal e Espanha tomada na XXI Cimeira de Portugal-Espanha, realizada em Novembro de 2005 em Évora, Portugal. Os estatutos do INL foram aprovados em Convenção assinada pelo Presidente do Governo de Espanha, José Luis Rodríguez Zapatero, e pelo Primeiro-Ministro de Portugal, José Sócrates, na XXII Cimeira Portugal-Espanha, realizada em Novembro de 2006 em Badajoz, Espanha, ao que se seguiu a tramitação parlamentar e promulgação pelos Chefes de Estado para aprovação como Tratado entre os dois países que o estabeleceu como organização internacional científica ao abrigo da legislação internacional aplicável, que decorreu durante 2007.

A inauguração deste novo laboratório internacional, cujas obras de construção começaram apenas há um ano, marcou o lançamento de uma ampla campanha internacional de promoção destinada a reforçar as iniciativas de recrutamento de cientistas em curso e a preparação do alargamento do laboratório a outros países de qualquer parte do mundo.

O INL foi planeado para contar com 200 cientistas, num total de 400 pessoas, contando com pessoal técnico, administrativo e alunos de doutoramento. O Laboratório já envolve cerca de 40 investigadores, pós-doutorandos ou doutorandos, a realizarem actividades num conjunto de centros de investigação de Portugal, Espanha e outros países da Europa, América e Ásia, com os quais o INL estabeleceu protocolos. O INL também apoia, conjuntamente com a Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) de Portugal e a Direcção-Geral de Cooperação Internacional e Relações Institucionais de Espanha um conjunto de projectos de investigação realizados em cooperação entre equipas de investigação dos dois países destinados a reforçar as capacidades científicas nas áreas prioritárias de investigação deste laboratório internacional.

O INL  tem como objectivo principal a realização de investigação científica de excelência mundial em nanotecnologia e as aplicações dos resultados da investigação à economia através de transferência de tecnologia e criação de empresas, prioritariamente nas áreas de nanomedicina, monitorização ambiental, controlo de qualidade alimentar, e nas área de suporte de nanoelectrónica e nanomanipulação.


Aspectos a destacar:

  • O complexo ocupa um espaço com 47 mil metros quadrados, disponibilizado pelo Município de Braga, localizado numa zona central da cidade nas imediações do campus de Gualtar da Universidade do Minho. As suas instalações envolverão laboratórios centrais de de "Micro- e Nano-fabricação", "Microscopia com Sonda de Varrimento", "Biologia e Bioquímica" e "Caracterização Estrutural e Interface", além de um vasto conjunto de laboratórios de equipas de investigação.

  • A primeira pedra do empreendimento foi simbolicamente lançada na XXIII Cimeira Portugal-Espanha que se realizou em Braga, em Janeiro de 2008.

  • O Conselho Científico Internacional do INL integra 7 cientistas de renome internacional na área:

    • Heinrich Rohrer, galaodoado com o Prémio Nobel da Física em 1986 pela invenção do Microscópio de Varrimento por Efeito de Túnel em conjunto com Gerd Binnig quando trabalhavam no Laboratório de Investigação da IBM em Zurique, Wollerau, Suíça;

    • Mihail Roco, da NSF, EUA, e um dos principais responsáveis operacionais pela Iniciativa Nacional de nanotecnologia nos EUA;

    • Thomas Jovin, do Instituto Max Plank, em Göttingen, Alemanha;

    • Emílio Mendez, Director do Centro de Nanomateriais Funcionais do Brookhaven National Laboratory, EUA, que iniciou actividades em 2007;

    • Aristides Requicha, Director do Laboratório de Robótica Molecular da University of Southern Califórnia, EUA, e Editor-Chefe da IEEE Transactions on Nanotechnology;

    • Roberto Caciuffo, Director no instituto do Centro Comum de Investigação da Comissão Europeia em Karlsrhue, Alemanha;

    • Christopher Murray, Professor na University of Philadelphia, EUA, desde 2006, depois de ter gerido a área de materiais e Instrumentos de Nanotecnologia no IBM Corp. T.J. Watson Research Center at Yorktown Heights, New York, EUA.

Licença Creative Commons:
Palavras-Chave:
Visualizações: 13394
Conteúdos relacionadosVer todos
Conteúdos do mesmo autor Ver todos
Conteúdos na mesma categoria Ver todos
Pesquisa no Zappiens
Como publicar conteúdos no Zappiens
Licenças Creative Commons

ZappStream disponível em código-aberto

O ZappStream é um servidor de vídeos que permite uma gestão eficiente da largura de banda e acesso directo a qualquer parte de um vídeo durante a sua transmissão.

O código do ZappStream é agora disponibilizado para que possa ser utilizado e melhorado no âmbito de outras iniciativas.